Terça-feira, 24 de Março de 2009

TRÊS NA CAMA

 

 

Não olhes para mim dessa maneira, como se pretendesses incutir-me alguma culpa, algum remorso. Não fui eu que abri as portas da relação, não fui eu que me queixei da rotina, não fui eu que disse que 3 era um número mágico, que uma outra mulher na nossa cama só viria apimentar a nossa vida sexual.

Aceitei, com medo de te perder. Mais valia partilhar-te na nossa cama do que ficar sozinha a imaginar-te na cama com outras.

A ansiedade paralisou-me nos dias que precederam o encontro a 3, vi-me como um mero acessório inútil no meio da vossa volúpia, a amante de sempre que tu já conhecias bem demais e da qual estavas farto, um brinquedo descartável sem luxúria para te surpreender, sem faísca para te incendiar.

Afinal a surpresa foi minha. A outra veio desbloquear toda a sensualidade que estava presa dentro de mim e nem eu própria conhecia. Perdi-me de mim mesma no ardor de te possuir e de te partilhar, no prazer escaldante de me entregar a ti e a ela e nem saber qual dos dois me excitava mais, até acabarmos todos esgotados em cima dos lençóis húmidos.

Tinhas razão, tínhamos caído na rotina e eu contentava-me com pouco.

Tinhas razão, podemos ter muito mais prazer a 3.

Tinhas razão, por isso não me olhes com esse ar chocado e ofendido. Tu é que mudaste as regras do jogo e me mostraste o que é bom sexo.

Agora quero a desforra. Desta vez sou eu que escolho e quero um homem. Afinal parece que lamentas eu ter perdido os meus tabus. Ou o privilégio da escolha era só teu?

Já não sinto ansiedade mas expectativa. Vocês vão disputar-me e o fogo que me corre nas veias diz-me que chego bem para os dois.

Não me sinto culpada e tu não tens o direito de te sentir traído.

 

 

publicado por Pandora às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

VENDE-SE VIRGINDADE

http://www.nossanoite.com.br/divadomasini/fotos/cinto%20de%20castidade.jpg

 

 

A notícia da semana foi o leilão da virgindade da Natalie.
E nós a pensarmos que vivemos numa sociedade toda liberal e permissiva, em que só as velhas, as beatas e os trogloditas ainda atribuíam um valor sagrado à virgindade!
Neste caso o critério foi mais financeiro que sagrado! O leilão da virgindade parece-me pura prostituição, e bem cara!
Que se passa? Era a última virgem do planeta? A virgindade voltou a estar na moda ou nunca saiu?
Já ouvi dizer que uma intervenção cirúrgica muito popular na América é as esposas fazerem a reconstrução do hímen para oferecer ao marido como prenda de aniversário. Portanto, cá está a virgindade novamente muito valorizada.
Hoje em dia o sexo tornou-se um assunto banal, toda a gente acha natural dar umas quecas a torto e a direito, e quem se dedicar à castidade é choca, fanática religiosa, traumatizada, anormal, impotente ou gay não assumido.
Homem ou mulher que seja imaculado de casos com o sexo oposto acaba com uma etiqueta destas, a menos que seja padre ou freira…
Esta vida são dois dias e é preciso gozar enquanto se pode e assumir a sexualidade sem tabus, como um acto natural e tal e coisa.
Depois vem a donzela vender a sua virgindade e oferecem-lhe 3,8 milhões de dólares (2,87 milhões de euros), e as cotas voltam a pôr o selo para oferecer ao marido… Isto faz sentido?
Estamos rodeados de contradições. Afinal qual é o valor da virgindade? É um conceito moral antiquado ou um tesouro sem preço?
E se a rapariga não for virgem, é oferecida? Sinceramente, que tipo de relacionamento saudável pode ter como requisito essencial a virgindade? Ou o que interessa para o macho é só marcar mais um escalpe no cinto?
 
 

 

publicado por Pandora às 18:24
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

PERDER OS 3

 

 

 

Sempre tive curiosidade em saber porque diabo se fala de tirar os 3!
Que 3 é que a mulher perde ao fazer sexo?
Houve quem me dissesse que significava que a mulher tinha praticado sexo vaginal, anal e oral, 3 tipos de quecas. Daí os 3.
Fiquei sempre na dúvida. Claro que quando se diz que uma fulana perdeu os 3, não se vai averiguar que tipo de actos praticou! Terá perdido só um ou dois?...
Ora também é interessante saber que a mulher que praticar todo o tipo de sexo por todos os orifícios menos a vulgar pinocada vaginal, é considerada virgem. Imaginem só a fulana fartinha de fazer br***es e de levar no rabinho, a jurar ao namorado que é virgem e que pode provar que ainda tem os famosos 3! Esta é boa, não é?
Mas volto a perguntar, então afinal o que são os 3 que estão apenas associados à ruptura do hímen?
Bom, depois de um estudo apurado consegui descobrir que a expressão se refere ao preço de 3 vinténs que se pagava, a partir do séc. XVI, para desflorar as escravas virgens vindas de África.
Elas perdiam a virgindade, mas afinal quem as papava é que perdia os 3 vinténs! Saíam consolados, mas ELES é que perdiam os 3, ora essa!
Ou conhecem outras interpretações desta expressão?
 
PANDORA

 

 

publicado por Pandora às 11:52
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Domingo, 18 de Janeiro de 2009

RECORDE DE ORGASMOS

 

 

 

 

Como prometido, vou prosseguir com mais uma questão abordada no programa Conselhos de Sue , e à qual ela não conseguiu responder.

Sem dúvida que a questão era caricata! Uma rapariga contava que num dia em que estava no emprego com uma crise de choro devido a problemas no trabalho, enquanto andava de um lado para o outro em pranto, teve um orgasmo. Assim, sem mais nem menos!
Por mais que a terapeuta tentasse esclarecer a situação, perguntando se alguém a estava a tentar acalmar, ou a acariciar, ela respondia a tudo que não, que só andava às voltas chorando e protestando até que sem perceber porquê, atingiu o orgasmo.
Ora há tantas mulheres que se esforçam tanto por o atingir, e esta atinge-o com uma crise de nervos! Não houve explicação para o assunto.
Claro que ela estaria agitada e descontrolada, com os nervos em franja e as emoções à flor da pele, mas isto não é normal! Senão, digam lá senhoras, se quando vocês se irritam e choram desatam a ter orgasmos! Era uma festa, até nos chateávamos mais vezes, ora essa! Sempre tinha a sua compensação!
Quem é que já ouviu falar em histórias semelhantes? Melhor, quem é que sabe explicar as razões destes orgasmos fora do contexto?
 
E agora só por curiosidade, esta notícia que vem mesmo a calhar. Atenção às consequências, também não convém abusar! 
 
"Mulher bate recorde de orgasmos nos EUA"

Uma mulher de 28 anos bateu o recorde de orgasmos consecutivos ontém, no estado de Harward, EUA.

O teste foi realizado na Universidade Federal de Harward. Acompanhada por uma equipe médica, e com o auxílio de aparelhos, Mayra teve 102 orgasmos seguidos, quando estimulada no clitóris; o recorde anterior era de 81, obtido por uma polonesa em 1998.

De acordo com o resultado, os médicos poderão definir os fenómenos do Orgasmo feminino. "Os resultados foram impressionantes" Declarou Jhon Berdway porta-voz da equipe médica que acompanhou o teste.

De acordo com a equipe médica, o intenso orgasmo obtido por Mayra, não poderia ser obtido através do sexo normal com um homem.

O teste também teve suas consequências negativas: Após o 50° orgasmo, a mulher perdeu totalmente os movimentos das pernas." 

 

publicado por Pandora às 23:33
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Domingo, 28 de Dezembro de 2008

CONSULTÓRIO SEXUAL

 

 “Conselhos de Sue”  é um programa da Sic Mulher que devia ser visto com atenção por ambos os sexos.
É um consultório sexual com uma avozinha toda dinâmica, sem teias de aranha nem tabus, onde todos os pormenores íntimos são examinados com minúcia e naturalidade, e até tem acessórios e bonequinhos para dar ideias e exemplificar as posições. É original, interessante, pedagógico e cómico pela sua desinibição absoluta.
O que me causou mais curiosidade foi as perguntas que ela não soube responder e que vou aqui reproduzir a ver se alguém consegue esclarecer-nos e aumentar os nossos conhecimentos de sexologia.
Uma mulher queixava-se que depois de cada noite de sexo, com prazer, com orgasmo, com tudo a que tinha direito, no fim acontecia-lhe sempre a sua vagina prender o pénis dele como uma tenaz, não o deixando libertar-se. Era uma contracção involuntária que ela não sabia explicar e que causava grande incómodo a ambos, que ficavam ali atrelados de uma forma bastante original mas dolorosa até que a pressão abrandasse.
Sue, a tal conselheira, disse que só conhecia o problema do vaginismo, que é uma contracção involuntária dos músculos da vagina que impede a introdução do pénis, e não a saída dele.
O vaginismo é o resultado do desejo inconsciente da mulher para evitar a relação sexual. Uma mulher pode desenvolver vaginismo se o sexo for doloroso ou indesejado, e a contracção torna impossível a penetração. Não se justificava neste caso em que havia um relacionamento saudável e de prazer mútuo. Ficámos sem saber a causa desta anomalia, mas achei extremamente engraçado a iniciativa de impedir a retirada do “coiso” ! Ora aí está uma vagina inteligente, cheia de personalidade, que sabe o que quer e não larga!
Já ouviram falar nisto? Ou melhor, já lhes aconteceu?
Contem-me tudo, façam o vosso diagnóstico!
 
(Os outros casos ficam para os próximos posts).

 

sinto-me: Curiosa
publicado por Pandora às 00:06
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

O PRAZER DO PECADO

(Imagem retirada da internet)

 

 

Uma empregada lá do escritório tem a mania de fazer confidências que ninguém lhe pediu sobre a sua vida íntima, o que pelo menos me dá assunto para este post.
As suas queixas sobre o sexo masculino e o marido em particular são as seguintes:
 
“Os homens? Nem que lhes morra alguém perdem a tesão! Isso é que era bom! Ando eu aqui tão mal, doente, ou mal da cabeça, ou triste que tenho boas razões para isso, e ele atrás de mim como um cão! As dores deles curam-se com uma queca! Eles querem lá saber como estamos, só lhes interessa que a gente abra as pernas! E eu, farta daquela marcação cerrada, acabo por lhe dizer ‘Pronto, queres sexo, não queres? Então despacha-te lá depressa que eu tenho mais que fazer!’ E depois fico livre por uma semana, pronto.”
 
Concordem que, embora oculta, esta deve ser a realidade de muitos homens e mulheres, por culpa de ambos.
Ainda deve haver muitos trogloditas que correspondam àquela descrição, homens brutos, insensíveis e egoístas, que não se interessam pelo prazer e pela reciprocidade de sentimentos da companheira e só querem aviar o servicinho.
Além de influências culturais e familiares típicas do padrão do garanhão, provavelmente quem os habituou mal foram elas, as esposas sacrificadas.
Pela doutrina da Igreja, o prazer sempre lhes esteve vedado, era próprio das “putas”. A mulher tinha por missão ser mãe e boa dona de casa, organizando o lar em função do marido e dos filhos. Furtar-se aos deveres conjugais era um pecado a redimir através de confissão. A submissão estava implícita no casamento, o marido era o dono e senhor.
E o que interessa é ter um homem, manter as aparências, faz parte do status.
Apesar de tudo isto estar ultrapassado, quantos preconceitos destes não existirão ainda na cabeça de muitas mulheres pouco evoluídas, de baixo nível social, muito limitadas pela educação tradicional e por meios urbanos sufocantes?
 
Ora se elas lhes dão o direito de exigir sexo sem a contrapartida do desejo, do prazer, da intimidade, o cavaleiro monta e desmonta num instante, sem ter que se esforçar, usando-as apenas como cavalgaduras. E as criaturas apenas pensam que assim os seguram de forma a não irem procurar outras.
Mas a verdade é que se eles tiverem sorte, acabam por provar o bem-bom, e depois é que são elas!

 

publicado por Pandora às 14:49
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

DESAFIO AOS MACHOS

 

 

Por manifesta falta de zelo ou de inspiração masculina, este blog tem andado aos solavancos, com acentuada participação feminina.
Assim, vamos abrir as portas e desafiar todos os homens de barba rija que saibam escrever alguma coisinha de jeito, para se atreverem a participar.
Podem usar outro nick, podem e devem ser originais, atrevidos, audazes!
Mostrem-nos do que são capazes!
Enviem os vossos posts para audaciosos@sapo.pt (sujeitos a prévia aprovação).
Queremos vê-los brilhar!
 

 

publicado por Pandora às 10:22
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

ENGATES ELABORADOS

 

 

 

 

Então aqui está a prometida continuação do desfile de cromos. Venha o diabo e escolha!
 
- O garanhão, papa-todas, que diz ter sempre “sussexo com as gajas” (frase de Zezé Camarinha), que se gaba das suas técnicas irresistíveis, que nenhuma lhe escapa, que se lhe atiram aos pés, que avia 3 de seguida e as que mais vierem, que conta que até já papou a mãe e a irmã do…
 
- O coitadinho, tão tímido, sensível, meigo e azarado, quer colo, mete dó.
A sua táctica é chorar as suas mágoas no ombro das meninas, e explicar gaguejando que não quer chatear mas precisa de desabafar, a sua namorada traiu-o com o melhor amigo, ou nunca arranjou namorada por ser tão envergonhado, e sofre imenso com a solidão e com a sua falta de jeito, claro que sabe que não tem charme, mas é um óptimo ouvinte e pelo menos tem jeito para ser amigo íntimo, daqueles que partilham um quarto ou até uma cama sem abusar, como um irmão, e tal…
 
- O D. Juan, célebre conquistador da praxe, seguro de si, cheio de gel e de roupa de marca, brilhante na arte de bem cavalgar toda a sela, exímio na lide de cativar a presa, com a cantiga toda na ponta da língua, dominando os passos do tango sem um deslize, para depois atacar e seguir em frente, pois só a fase da luta é que lhe dá tesão.
 
- O “garganta funda”, cheio de sedução e de paleio, olhares tórridos, trocadilhos ardentes, e na hora H raspa-se cheio de medo para debaixo das saias da mamã ou da legítima, onde nega tudo, ou então tem a lata de dizer que, pensando bem, nós merecemos melhor e ele afinal não se sente preparado para um relacionamento.
 
- O santinho, papa-hóstias, pai de família, marido extremoso, pilar da sociedade, que morde pela calada e vai aproveitando o pilar para desopilar com as “piquenas”, e no dia seguinte lá está logo bem cedinho na missa, preparado para mais um dia de homem sério e mais uma noite de orgia.
 
 
Ora bem, podem dizer que eu conheço os homens errados, mas a verdade é que, embora não esteja a generalizar, já encontrei na vida cada um destes palhaços, ainda que felizmente nem sempre fosse eu o alvo das suas atenções.
O 1º post é sobre o engate óbvio, rude, rasca, primitivo.
Este é sobre o engate elaborado, já de figurões com a cartilha toda, muito calejados em tourear a manada, muito sabidolas, muito melgas!
Os primeiros fazem-nos rir e os segundos aborrecem-nos de morte! Mas lamento,  nenhum deles nos faz vir…

 

publicado por Pandora às 00:23
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Sábado, 20 de Setembro de 2008

ENGATES BARATOS

 

 

Se há forma de medir o nível de um gajo, é pelo tipo de abordagem que tem.
A sedução é uma arte, e lamento dizer que os engates que por aí se ouvem têm a sensibilidade e a subtileza dessa banana!
 
- Engate de macho latino! Salvo em situações extremas, penso que nenhuma mulher leva a sério uma boca de um desconhecido que se atira a nós com este requinte: “Comia-te toda! Em tua casa ou na minha?” ou “Sabes onde ficavas bem? Na minha cama!” ou “Eu mostrava-te o que é uma f*da a valer!”
Podemos aproveitar para depois contarmos a rir às amigas, um engate sempre nos levanta o ego, pronto! Mas não levanta mais nada, meus amigos! Nem as hormonas, nem os níveis de excitação e de desejo, nada, nicles, népia!
Têm de aprender a ser menos óbvios e grosseiros, e tornarem-se mais fascinantes, mais sedutores. Mais hábeis!
 
Os poetas! Os artistas têm lábia, e esmeram-se com frases retiradas de revistas dedicadas a sopeiras, tipo: “O meu amor é profundo como o mar e infinito como o universo”, ou “O sol nasce quando te vejo e põe-se quando me deixas”, ou “Os teus olhos são estrelas de mil cores que iluminam o arco-íris”.
Expliquem-me, decoraram essas pérolas de sabedoria ou improvisam no momento, de acordo com a “presa” e a ocasião?... Por favor!!! Tenham pena de nós! Merecemos melhor, têm que se esforçar mais do que isso! Se fosse eu o alvo, creio que morria a rir!
 
O paleio da treta! Quem não conhece o carapau de corrida, que vai desfiando os mesmos piropos a todas as miúdas seguidas, ainda que as próprias ouçam que os galanteios são “fabricados em série” e de formato único? E depois dizem que para nós é que é especial, para as outras dizem por dizer, e querem que a gente acredite! Parece a história da queca, que só connosco é que é especial e com as outras todas não significa nada. Devem considerar-nos tapadinhas de todo!!!
 
Ora bem, se tudo o que vier à rede é peixe, sempre dá para papar as idiotas que vierem no anzol, e da próxima vez repete-se a “canção do bandido” e outra desgraçada há-de cair na esparrela. Se lhes serve o esquema, deixem-se estar…
Agora, se quiserem pescar algo de jeito, têm mesmo que aperfeiçoar essa técnica, rapazes! Tudo depende do menu que preferem!
É que ninguém no seu perfeito juízo acredita que conquistadores tão desajeitados revelem dotes inesperados na sua perícia de amantes! E zuca-truca, “chouriço na brasa” sem entradas nem sobremesa, não é o nosso prato predilecto, entendido?
 
 
 

 CONTINUA EM BREVE...

sinto-me:
publicado por Pandora às 01:06
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Prostituição

 

 

Um tema delicado, mas causa-me confusão que num mundo de relações tão liberais, tão fáceis, tão permissivas, os homens ainda recorram tanto a esse subterfúgio. Ninguém confessa que lá vai, mas sabemos que clientela não lhes falta!
Não será certamente por as mulheres quererem usar cinto de castidade até ao casamento! Nos tempos em que a virgindade era um valor sagrado e o dever conjugal um sacrifício destinado a ter filhos e calar o marido, compreendia-se melhor essa procura.
Mas agora os relacionamentos são tão abertos, tão ligeiros, tão naturais! Qualquer tipo que seja capaz de engatar uma miúda, convence-a em pouco tempo a gozar os prazeres da carne sem que ela se faça rogada, sem compromissos, sem escrúpulos ou preconceitos morais de ambas as partes.
Então, perante tanta e tão diversificada oferta, porque é que as prostitutas continuam a ter um lugar tão privilegiado no altar do prazer?
Claro que a resposta dos homens é óbvia: porque elas é que dominam a nobre arte do kama sutra e sabem satisfazer um homem, ao contrário dessas pitas chocas ansiosas por abrir as pernas a um autêntico vibrador humano que lhes dê orgasmos infinitos!
Pronto, acredito que haja mulheres e homens mal preparados, cada um apenas interessado no seu próprio prazer.
Mas então haverá tantos gajos assim com tanto azar que nunca encontram uma boa companhia e por isso se vêem obrigados a recorrer aos afamados préstimos das profissionais do sexo?! E essas, por muito competentes que sejam, não se limitam também a um mero acto mecânico?
Ou o que está em causa é o receio masculino de intimidade? Dificuldade em estabelecer relações? Tendência a fugir de compromissos? Receio de se exporem e de serem alvo de críticas de igual para igual?
Ao menos as prostitutas não reclamam, não criticam, não questionam, não esperam nada salvo o pagamento, estão sempre prontas, nunca têm dores de cabeça, nem stress, nem crises existenciais, nem expectativas de orgasmos e de performances fantásticas, e nem sequer exigem prazer, afecto, intimidade nem telefonema no dia seguinte!
Um homem avia o seu servicinho como sabe, sai de lá recauchutado e a sentir-se um macho com eles no sítio, e quer lá saber dessas cenas todas dos sentimentos, dos preliminares, do orgasmo feminino, e essas merdas que deixam um gajo f*dido!
É muito mais fácil assim, não é?
 
 

 

sinto-me:
publicado por Pandora às 16:47
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Responde a esta dúvida

. Os homens não valem o que...

. TRÊS NA CAMA

. Factor XXX

. Sexo com humor

. A linguagem do sexo!

. Quem quer casa, compra so...

. O ponto G masculino

. Até onde vai a nossa fant...

.mais comentados

68 comentários
53 comentários
51 comentários
31 comentários
29 comentários
22 comentários

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds