Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

A linguagem do sexo!


Porque o tema sempre surgiu em diversa literatura, queria falar hoje da linguagem no acto sexual.

Sabemos que aquele momento é mais dado à extemporização de emoções e que o instinto animal anda mais à superfície (!), mas há um grande comedimento nas palavras, apesar de apetecer gritar... ou partir para o obsceno!
Embora ninguém o admita, parece-me que ambos os sexos gostam de dizer/ouvir palavras mais fortes, mesmo em calão, invectivando o(a) outro(a)!
Tal facto pode não se verificar entre casais que vêem o sexo de modo mais formal, mas estará mais entranhado em relações «one night stand» ou extra-matrimoniais... devido à libertação da vergonha, talvez!
Não sei se realmente isso serve para apimentar o acto em si, criando um enredo de aventura... entrando em jogos... ou não!
Por isso, queria mesmo saber o que esperam as mulheres ouvir de nós e o que esperamos nós ouvir delas.
Ou não se diz nada?

 

publicado por oamante às 08:47
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
Sexta-feira, 13 de Junho de 2008

Viver na mentira!


Hoje, mais do que nunca, vivemos numa sociedade informada, a tão propalada sociedade da informação! Por isso, depreendemos que todos somos conhecedores de algo.
Nada melhor que esta introdução para esclarecer o que se passa ao nível do sexo. O quê? Sim... ouviram... sexo... conhecimento!
Aqui a porca parece torcer o rabo e vamos lá a ver porquê.
Do lado dos homens temos um conhecimento tão profundo do sexo, mas tão profundo, que eles se limitam à penetração!
No meio masculino fala-se muito de sexo, mas de uma maneira muito superficial e sempre nos mesmos moldes: «Meto-lhe aquilo, que ela vem-se logo!".
Geralmente nos diálogos nunca se abordam técnicas de excitar uma mulher. A maior parte dos homens não sabe que o orgasmo feminino demora mais a chegar do que o masculino. Não sabe a localização do clítoris, ou nem sabe da sua existência.
A maior parte das vezes vai logo ao pote de mel, à penetração propriamente dita, sem se alongar em preliminares: beijos, carícias, massagens e excitação do clítoris, ou, pelo menos, dos lábios vaginais! Resultado: a mulher não tem a vagina lubrificada e, como não está excitada como deve ser, vai demorar mais a chegar ao orgasmo, se chegar.
No meio masculino há vergonha em falar do acto todo, passando-se mais, uns aos outros, a ideia de que somos uns garanhões na cama.
Por outro lado, no lado feminino, temos uma noção de sexo algo deturpada! Pelo menos é assim que olho para quem parece ver o sexo como um acto de amor. Na verdade, as mulheres preferem o Amor ao Sexo.
Mentira? Vejamos os sites ou blogs de sexo femininos. Em todos eles, encontramos fantasias sexuais sempre mescladas de Amor. É vê-las a descrever o acto cheio de rosas, de colchas lindas, com flores pelo quarto todo, com o amante aos abraços e a fazer juras de amor!
Para elas, não interessa o sexo, mas antes encontrar o seu príncipe encantado, pois até se dão ao luxo de afirmar que, no sexo, não interessa o orgasmo, mas sim tudo o resto! Tudo o resto?!
Elas afirmam que os homens não conhecem o seu corpo e não sabem excitá-las, o que é verdade, mas também não sabem satisfazer os homens que se enfiam às catadupas debaixo das saias... das prostitutas!

Perceberam agora a introdução? Na nossa Sociedade de Informação, os intervenientes do acto sexual parecem não conhecer nada daquilo em que se vão meter. E querem culpar quem? Hoje em dia o que não falta é informação em anúncios televisivos, em programas informativos, de toda a forma e feitio. Na net, então, nem se fala, tal é a montanha de informação... fora a desinformação que teima em pairar.

O sexo só é tabu, hoje em dia, porque as pessoas têm medo de ser vistas como desconhecedoras da matéria. Homem nenhum gosta de dar uma queca e, chegando ao fim, ouvir: «Então? É só isto? Acabou?», nem mulher nenhuma gosta de se ver no papel de não saber o que segue depois de tirar a roupa.

Ler muito é o que vos indico. Aprendam, homens e mulheres, a satisfazer o parceiro. Saibam quais os pontos erógenos do outro, do que mais gosta.
Convém que homens e mulheres falem, nos seus grupos, sobre sexo, mas sem preconceitos, sem outros sentidos, sem querer praticá-lo... limitem-se a falar de sexo, para aprender. Depois... façam-no de todas as formas e feitios!
Para mim, que desde cedo me interessei pelo assunto, nada foi melhor que ler o livro: Um Estranho Numa Terra Estranha, de Robert A. Heinlein. Se não se trata de uma obra de sexo, o tema é abordado de forma soberba e creio que advém deste livro, lido em plena adolescência, a ideia de plenitude que o acto em si mesmo proporciona, plenitude essa que que deve ser merecida: os parceiros devem ligar-se intimamente, sem peconceitos, sem vergonhas, sem medos, isolados de tudo quanto se passa ali, naquele momento!

Sejam quem forem os parceiros: a senhora ou a putinha! Isso mesmo!

Esse efeito de intimidade que eu adoro no acto sexual, não aquele do Amor, é apenas de amor-instantâneo, de querer, de desejo imediato que vai desde o pré-acto ao momento pós-acto em que as abraço. Não é Amor, é amor e isso posso dar a quem quer que seja que se deite comigo! Como se indicava no livro, devemos praticar sexo como se mais ninguém existisse no mundo. Deve ser uma entrega total.

O que ganhamos? Algo mais do que o puro sexo. Ganhamos uma pessoa e as pessoas são boas na cama!

Agora... tentar isso sem conhecer técnicas sexuais... esqueçam!

Leiam... muito!
 
 

publicado por oamante às 13:37
link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

O sexo e... nós!


O sexo é, na verdade, mais um factor de diferenciação cultural que de afinidade, principalmente se compararmos a cultura civilizada do oeste à do oriente!
Para nós, funciona mais ou menos assim: o Homem cometeu o pecado original e a partir daí o sexo é tema tabú!
Para desmistificar esta ideia, pergunto onde é que leram isso, pois na Bíblia, assiste-se apenas à tomada de conhecimento de Adão e Eva do facto de estarem nús! Eles comeram a maçã do conhecimento e aperceberam-se que andanvam nús. Por isso ficaram envergonhados e taparam-se e esconderam-se.
Bem... nem vos conto a conversa entre Deus e um Anjo sobre a possibilidade dos humanos comerem a maçã da imortalidade... é que é abjecto demais!
O que aconteceu com este mal-entendido? Bem... se eles se taparam e estavam nús... só pode ser porque fizeram sexo! Pois... e depois dizem que eu é que tenho uma mente porca!
O resultado? No more sex!

O que se passa no oriente?
Bem... para eles... o homem cresce a partir das suas vivências... e pasme-se... para eles o sexo é apenas uma das facetas da nossa vida!
Então isso pode ser?
Claro que pode! Por isso, eles não andam para aí nos psicólogos só porque deram uma queca. Eles vão ao psicólogo se não derem um queca, porque estarão a não conseguir desenvolver uma parte deles.
Pior!
As várias religiões orientais assumem que podemos e devemos melhorar a nossa vida, para nos purificarmos e sermos melhores indivíduos.
Assim, é imperioso que sejamos bons também no sexo, se queremos ser seres superiores! Perfeito!
Agora já compreendem porque razão existem ensinamentos, nessas civilizações, como o Tantra/Tantrismo, o Taoísmo, o Kama Sutra e tantos outros ensinamentos para nos tornarmos melhores seres, quer na vida social, quer sexual!

De qualquer modo, não vulgarizem essas religiões, porque o sexo tântrico, ao contrário do que se pensa, não é para ser utilizado à moda ocidental, para nos comermos uns aos outros. Vai muito além disso e pretende que os amantes (aqueles que se amam) atinjam o patamar último da união!

Agora perguntam-me vocês: Mas porque raios não nasci eu no oriente?!
Bem... o sexo não é para todos... devemos ser ainda muito pré-históricos e não atingimos o elevado patamar cultural desses povos!
É que convém ficarmos com uma parte do nosso eu por resolver... penso!


Ah! É verdade... a maçã... gosto delas verdes...

 

 

tags:
publicado por oamante às 12:48
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Responde a esta dúvida

. Os homens não valem o que...

. TRÊS NA CAMA

. Factor XXX

. Sexo com humor

. A linguagem do sexo!

. Quem quer casa, compra so...

. O ponto G masculino

. Até onde vai a nossa fant...

.mais comentados

68 comentários
53 comentários
51 comentários
31 comentários
29 comentários
22 comentários

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds