Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Prostituição

 

 

Um tema delicado, mas causa-me confusão que num mundo de relações tão liberais, tão fáceis, tão permissivas, os homens ainda recorram tanto a esse subterfúgio. Ninguém confessa que lá vai, mas sabemos que clientela não lhes falta!
Não será certamente por as mulheres quererem usar cinto de castidade até ao casamento! Nos tempos em que a virgindade era um valor sagrado e o dever conjugal um sacrifício destinado a ter filhos e calar o marido, compreendia-se melhor essa procura.
Mas agora os relacionamentos são tão abertos, tão ligeiros, tão naturais! Qualquer tipo que seja capaz de engatar uma miúda, convence-a em pouco tempo a gozar os prazeres da carne sem que ela se faça rogada, sem compromissos, sem escrúpulos ou preconceitos morais de ambas as partes.
Então, perante tanta e tão diversificada oferta, porque é que as prostitutas continuam a ter um lugar tão privilegiado no altar do prazer?
Claro que a resposta dos homens é óbvia: porque elas é que dominam a nobre arte do kama sutra e sabem satisfazer um homem, ao contrário dessas pitas chocas ansiosas por abrir as pernas a um autêntico vibrador humano que lhes dê orgasmos infinitos!
Pronto, acredito que haja mulheres e homens mal preparados, cada um apenas interessado no seu próprio prazer.
Mas então haverá tantos gajos assim com tanto azar que nunca encontram uma boa companhia e por isso se vêem obrigados a recorrer aos afamados préstimos das profissionais do sexo?! E essas, por muito competentes que sejam, não se limitam também a um mero acto mecânico?
Ou o que está em causa é o receio masculino de intimidade? Dificuldade em estabelecer relações? Tendência a fugir de compromissos? Receio de se exporem e de serem alvo de críticas de igual para igual?
Ao menos as prostitutas não reclamam, não criticam, não questionam, não esperam nada salvo o pagamento, estão sempre prontas, nunca têm dores de cabeça, nem stress, nem crises existenciais, nem expectativas de orgasmos e de performances fantásticas, e nem sequer exigem prazer, afecto, intimidade nem telefonema no dia seguinte!
Um homem avia o seu servicinho como sabe, sai de lá recauchutado e a sentir-se um macho com eles no sítio, e quer lá saber dessas cenas todas dos sentimentos, dos preliminares, do orgasmo feminino, e essas merdas que deixam um gajo f*dido!
É muito mais fácil assim, não é?
 
 

 

sinto-me:
publicado por Pandora às 16:47
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Prostituição

.mais comentados

19 comentários

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds