Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Nós sabemos mas não queremos ver

 

 

Os homens vêm pornografia. Os homens vêem pornografia porque lhes dá prazer ver. A maior parte vê e masturba-se e depois limpam tudo ao papel e deitam fora. Nós mulheres sabemos que eles fazem isso mas incomoda. Porquê? É a mesma coisa que os homens sentem quando estão perante um vibrador. Irrita pronto. Só que as mulheres têm o cuidado de não deixar o objecto em cima da almofada ou ao lado do secador de cabelo. Certo? Certissimo. Os homens esquecem de apagar o histórico da internet. Não se dão ao trabalho de apagar as ultimas fotos que viram da Sabina e as suas amigas com posições fabulosas. Somos curiosas. Queremos espreitar tudo e mais alguma coisa e encontramos o que não queremos ver. Lá vem as discussões ou as famosas frases do "não temos nada" quando temos tudo. Isso é maldade. Se querem ver pornografia façam mas longe da nossa vista. Nós sabemos mas não queremos ver.

 

- Só tenho olhos para ti meu amor.

- Pois claro. Só para mim.

publicado por Cláudia Oliveira às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (49) | favorito
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

A diferenciação sexual da masturbação

A masturbação é, ainda, um dos grandes tabus da nossa sociedade e parece-me que veio para ficar.
As razões para tal comportamento prendem-se com a individualidade do acto, contrário à actividade sexual, propriamente dita, em que duas pessoas se consomem em prazeres mil.
Assim, este acto apresenta-se ignóbil e há que escondê-lo de todos: amigos, parceiros, sociedade. O pior de tudo isto? É não haver estatística!
Deste modo não se sabe quem se masturba mais: os solteiros, os casados, os homens, as mulheres... o que torna o assunto ainda mais tabu. É que ninguém assume que se masturba!
Pois eu, minha gente, masturbo-me!
Pimba, já lá vai um para a estatística.

 

Quanto a mim, a masturbação é, essencialmente um acto masculino! As senhoras que me desculpem, mas lá terão de dar um passo em frente e afirmar se o fazem ou não... para que constem nas estatísticas!
O homem masturba-se desde muito cedo e fá-lo com um propósito medicinal: na primeira infância, é comum os miúdos brincarem com o dito cujo, esticando-o, o que ajuda a glande a sair do prepúcio. Aqueles que não o fazem, porque os pais veêm tal acto como prenúncio de uma masturbação tarada, podem ter de se submeter à faca, realizando a circuncisão na adolescência ou idade adulta!
De qualquer modo, é apenas com a chegada da puberbade que os machos começam a actividade de "ascensorista", utilizando-a a torto e a direito, uns, outros lá de vez em quando, nos momentos em que a "sede" aperta mais e os miolos entram em curto-circuito!
As mulheres... bom... não se sabe lá muito bem, embora haja alguns relatos a indicar que existe, embora seja ainda mais mal vista por elas próprias do que a semelhante masculina.
O que acho engraçado, é afirmar-se aos quatro ventos que o homem não percebe nada de mulheres e que elas é que sabem como gostam de ser masturbadas pelo parceiro!
Bem, isso eu entendo, mas que se utilize o mesmo critério para o homem: as mulheres não percebem nada de masturbação masculina. Aquilo não é chegar, agarrar e abanar! Perguntem... vá lá! Nós dizemos como é!

 

Se, em alguns casos, a masturbação pode ser um factor de excitabilidade sexual para aquecer os motores antes da corrida, pode, por outro lado, apresentar-se como destruidor de relações, quando descoberto acidentalmente.
E é sobre este caso que eu gostava de alertar para outra distinção entre géneros: se o homem apanhar a companheira a masturbar-se penso (penso... porque nunca apanhei) que virá ao de cima a sua caraterística de voyeur... não sei...

 

Mas se for a mulher a apanhar o seu homem a escafiar o instrumento... ó lá lá... temos o caldo entornado! E porquê? Por uma coisa de nada... por um desejo individual que não revela nada sobre a nossa relação.
Para nós, homens, aquilo representa um acto isolado, uma maneira de dar vazão ao tesão insuportável que nos assola ao longo do dia. Não tem nada a ver com instisfação sexual, embora também possa ocorrer. Um homem plenamente satisfeito com a mulher, pode masturbar-se como algo normal, não assumindo o acto uma acusação aos dotes sexuais da parceira.

 

Estou certo, ou as mentalidades estão a mudar?

 

oAmante

publicado por audaciosos às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nós sabemos mas não quere...

. A diferenciação sexual da...

.mais comentados

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds