Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

A diferenciação sexual da masturbação

A masturbação é, ainda, um dos grandes tabus da nossa sociedade e parece-me que veio para ficar.
As razões para tal comportamento prendem-se com a individualidade do acto, contrário à actividade sexual, propriamente dita, em que duas pessoas se consomem em prazeres mil.
Assim, este acto apresenta-se ignóbil e há que escondê-lo de todos: amigos, parceiros, sociedade. O pior de tudo isto? É não haver estatística!
Deste modo não se sabe quem se masturba mais: os solteiros, os casados, os homens, as mulheres... o que torna o assunto ainda mais tabu. É que ninguém assume que se masturba!
Pois eu, minha gente, masturbo-me!
Pimba, já lá vai um para a estatística.

 

Quanto a mim, a masturbação é, essencialmente um acto masculino! As senhoras que me desculpem, mas lá terão de dar um passo em frente e afirmar se o fazem ou não... para que constem nas estatísticas!
O homem masturba-se desde muito cedo e fá-lo com um propósito medicinal: na primeira infância, é comum os miúdos brincarem com o dito cujo, esticando-o, o que ajuda a glande a sair do prepúcio. Aqueles que não o fazem, porque os pais veêm tal acto como prenúncio de uma masturbação tarada, podem ter de se submeter à faca, realizando a circuncisão na adolescência ou idade adulta!
De qualquer modo, é apenas com a chegada da puberbade que os machos começam a actividade de "ascensorista", utilizando-a a torto e a direito, uns, outros lá de vez em quando, nos momentos em que a "sede" aperta mais e os miolos entram em curto-circuito!
As mulheres... bom... não se sabe lá muito bem, embora haja alguns relatos a indicar que existe, embora seja ainda mais mal vista por elas próprias do que a semelhante masculina.
O que acho engraçado, é afirmar-se aos quatro ventos que o homem não percebe nada de mulheres e que elas é que sabem como gostam de ser masturbadas pelo parceiro!
Bem, isso eu entendo, mas que se utilize o mesmo critério para o homem: as mulheres não percebem nada de masturbação masculina. Aquilo não é chegar, agarrar e abanar! Perguntem... vá lá! Nós dizemos como é!

 

Se, em alguns casos, a masturbação pode ser um factor de excitabilidade sexual para aquecer os motores antes da corrida, pode, por outro lado, apresentar-se como destruidor de relações, quando descoberto acidentalmente.
E é sobre este caso que eu gostava de alertar para outra distinção entre géneros: se o homem apanhar a companheira a masturbar-se penso (penso... porque nunca apanhei) que virá ao de cima a sua caraterística de voyeur... não sei...

 

Mas se for a mulher a apanhar o seu homem a escafiar o instrumento... ó lá lá... temos o caldo entornado! E porquê? Por uma coisa de nada... por um desejo individual que não revela nada sobre a nossa relação.
Para nós, homens, aquilo representa um acto isolado, uma maneira de dar vazão ao tesão insuportável que nos assola ao longo do dia. Não tem nada a ver com instisfação sexual, embora também possa ocorrer. Um homem plenamente satisfeito com a mulher, pode masturbar-se como algo normal, não assumindo o acto uma acusação aos dotes sexuais da parceira.

 

Estou certo, ou as mentalidades estão a mudar?

 

oAmante

publicado por audaciosos às 00:00
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De orgasmica a 16 de Maio de 2008 às 00:44
Antes de mais, bem-vindo e parabéns pelo post! Um tema profundo mas pouco aprofundado, que tentaremos aqui penetrar!
Por mim, não vejo a masturbação como traição, para nenhum dos sexos.
É um acto isolado em si mesmo, em todos os aspectos. É o reflexo automático e instantâneo da libido que não põe em causa o relacionamento sexual ou amoroso do casal.
Se continua a ser tabu, é precisamente por não termos a certeza se isso é considerado pelo nosso parceiro ou pelo nosso círculo de amigos, uma maneira de compensar a “falta de peso”! Creio que continua a existir esse preconceito em relação às mulheres…
Portanto, até ponho a questão ao contrário: dos homens esperamos tudo, nada nos espanta, claro que passam o tempo a afinar e a dedilhar o instrumento…
Mas será que os homens têm essa abertura em relação às mulheres? É uma actividade inocente, saudável e de pura catarse? Ou é um tipo de escapadinha?
Não sei se as mentalidades estão a mudar, diz-me tu!
De oamante a 16 de Maio de 2008 às 00:45
Pois olha que eu tenho lido muito, em muitos lugares, e as mulheres ao apanharem o homem a masturbar-se não gostam mesmo nada, porque assumem logo que ele faz aquilo porque elas não o satisfazem.
Também há homens que ficam escandalizados.
Eu já sugeri à minha mulher que o fizesse, quando está só, com uma vontade louca, e eu estou longe... mas ela não vê isso com bons olhos. Para as mulheres isso prece meio ou totalmente vergonhoso!
Mas não é... é apenas uma forma de entrar no lindo mundo do sexo. É um exercício de auto-conhecimento.
Se as mulheres se" escaparem" assim, não estou a vir que venha mal ao mundo masculino, por isso, mulheres... escapem-se ao fim-de-semana... façam sexo cá dentro... masturbem-se em Portugal!
De gomesh a 16 de Maio de 2008 às 09:19
Ora aqui está um tema que não é debatido com frequência... e até que devia...
Eu masturbo-me, sozinho, ou acompanhado... com frequência tenho de o admitir... Felizmente não é um assunto tabu em casa, a minha namorada também se masturba, sozinha, ou comigo. A masturbação é apenas parte da nossa vida intima, e uma grande amiga quando por exemplo um de nós tem de viajar sozinho por alguma razão... nessa altura, um telefonema, uma conversa no MSN juntam-se à conversa... 5 Estrelas!
Eu recomendo que cada casal se masturbe, sozinhos, um com o outro, e depois discutam o assunto... a intimidade do casal deveria ser excitante, aberta e divertida... masturbem-se!
De sandra a 16 de Maio de 2008 às 16:38
Para mim nao é tabu.
embora as mentalidades estejam paradas nesse campo. Eu mastrubo me e nao sinto nunca culpa ou inibiçao nisso. Nao o faço com frequencia mas se apetece faço. O meu namorado nao teria qualquer problema se me visse, poruqe ate sabe. Eu se o apanha se quereria me juntar á festa certamente.

hi

beijus
De _moon_ a 20 de Maio de 2008 às 16:21
pois...tabus...ok...entro na estatística...masturbo-me...sabe-me bem...alivia-me o stress...as dores de cabeça...faz-me adormecer melhor...e não tem efeitos secundários...ou melhor...os que tem são sobejamente conhecidos...e quem não sabe deveria sem dúvida experimentar...seja a solo...seja com o parceiro...e nada têm haver com falta de sexo...e não vejo problema nenhum em assumir semelhante coisa...
De Moi a 21 de Maio de 2008 às 11:27
É espantoso! Num mundo onde se fala quase tanto, como se praticam, de perversões sexuais, a masturbação que é algo tão natural como o próprio sexo, é encarada como tabu!!! Tenham paciência!! É absolutamente delicioso a masturbação acompanhada. E à falta de companhia, como é bom relaxar um pouco e.. digitação... manipulação... e ... Raios, agora fiquei com vontade! Desculpem lá, vou ali já venho. :)
De carpe vitam! a 21 de Maio de 2008 às 16:53
masturbação... não gosto nada da palavra, mas acerca do acto em si, parece-me que é assim que se começa, a iniciação sexual com nós próprios. Depois não tem de ser um acto individual, eu acho que sabe muito melhor quando é partilhado com outra pessoa. Não sei se os homens se masturbam mais que as mulheres, as mulheres têm muito mais facilidade em fazê-lo em qualquer lugar. Apanhar um homem a masturbar-se quando muito levar-me-ia a perguntar pq não esperou por mim. Mas cada um sabe de si...
De Vesúvia a 23 de Maio de 2008 às 12:02
masturbação...
as mulheres (e falo por mim) também se masturbam para aliviar o stress do dia-a-dia! eu faço-o, não tenho qualquer problema em dizê-lo, aqui!
mas no geral, mesmo as colegas de faculdade são mais púdicas/ reservadas a contar essas experiências, apesar de eu ser a favor da partilha de experiências, mesmo que não sejam no todo, em parte. por isso tenho um blog onde a Vesúvia (o meu alter-ego) se exprime..
a sociedade tente a mudar a mentalidade, mas devagar...
De sunshine a 25 de Maio de 2008 às 22:59
Olá Amante
Suponho seres o mesmo Amante que há tanto tempo não escrevia posts e que eu só pude ter o previlegio de ler 3 ou 4. Se és tu, ainda bem que estás de volta, porque gosto do que escreves. Se não és, então tens um modo de escrita semelhante.
Em relação ao post, se pensarmos na generalidade, tens carradas de razão em tudo o que dizes, pelo facto de, apesar de todas as liberdades, continuamos a ser um povo por tradição preconceituoso e moralista. Sinto-o constantemente, e há pouco tempo tive essa prova no assunto referente ao sexo oral.
Eu sou libertina no referente á sexualidade.
A masturbação encaro-a com toda a naturalidade, e faço-a, como acredito que todas o fazem, não se pode é dizer...
Em relação ao parceiro, já vi mais do que uma vez, e não, não o encaro como uma traição, apenas como um acto fisico de bem estar individual.
Na sexualidade, e no sexo, tudo o que uma pessoa desejar, sózinha ou de comum acordo com outra, é saudavel e passivel de ser realizado. Sem tabús.
Beijo
De provoCão a 17 de Outubro de 2008 às 11:53
tocaste no ponto essencial, em que tenho pensado bastante. a masturbação feminina (pondo de lado os preconceitos que ainda existem), adquiriu uma aura de actividade nobre e saudável que a exalta. penso que a literatura das revistas femininas contribuiu para isso nas últimas décadas, bem como o empowerment que foi, felizmente, dado à sexualidade feminina. com sucesso, passou-se associar a masturbação das mulheres a uma saudável busca de prazer, a uma forma muito agradável e eficaz de conhecimento do próprio corpo, sendo muitas vezes aconselhada a mulheres que têm dificuldade em atingir o orgasmo, como forma de perceberem como se estimularem para depois levarem isso para o sexo com o parceiro - e a todas as outras, simplesmente como forma de se conhecerem melhor e terem uma vida sexual mais plena e satisfatória. dessa forma, a masturbação feminina é algo bem aceite (tirando, como disse, os preconceitos que subsistem), do ponto de vista estético, prático, sociológico, relacional, etc. já nós, homens, não conseguimos ainda que isso se passasse com a nossa masturbação. lembro-me de um episódio do howard stern, em que ele entrevistava uma actriz boazona. como habitualmente, fazia-lhe imensas perguntas relacionadas com sexo. perguntou-lhe, a dada altura, se ela gostaria de ter sexo com uma mulher, enquanto o namorado assistia. ela disse que sim, mas que ele não poderia intervir, que só poderia ficar a assistir. o howard stern perguntou-lhe, então ele não pode fazer nada, nem se pode tocar? e ela respondeu, tocar... quer dizer, acho que sim, desde que não ficasse a um canto, a bater uma punheta, como um macaco (e fez um gesto com a mão, para ilustrar a palavra punheta).

estamos reduzidos a isto. as mulheres masturbam-se e estão a descobrir a sua sexualidade, a explorar novos mundo, a aprofundar a relação com o próprio corpo, a estudar a sua capacidade de ter prazer. nós homens, quando nos masturbamos, estamos simplesmente a bater uma punheta.

(talvez contribua para isto o que também referes, é que nós homens adoramos, geralmente, ver uma mulher a masturbar-se. e as mulheres, a maior parte, acho que não têm grande vontade de nos ver a masturbar)
De Inocêncio da Silva a 24 de Outubro de 2008 às 19:37
Pertinente e incisivo como é teu apanágio!!!
Todos (homens e mulheres) temos necessidade de alguma privacidade, seja ela qual for. Por isso mesmo todos temos pequenos segredos que guardamos, satisfazendo assim esta nossa necessidade.
Penso que a masturbação é por excelência uma delas!

...se um dia forem surpreendidos durante o "acto" digam que tinham muita comichão na zona interna da coxa e o 5º membro foi solidário. Se for no banho defendam a ideia de o lavar a alta velocidade!
De oamante a 27 de Agosto de 2009 às 15:26
Acho as desculpas... interessantes! Lol.
E sim... este acto representa muito da nossa privacidade, pois às vezes queremos prazer sem desejarmos um corpo em especial!
De Inocêncio da Silva a 3 de Agosto de 2009 às 13:16
Estamos em Portugal, caro OAmante...

As coisas avançam vagarosamente neste nosso cantinho á beira mar plantado mas, como bem afirmas, as mentalidades estão a mudar e cada vez mais surgem no horizonte "masturbadores assumidos", sejam masculinos ou femininos.
De oamante a 27 de Agosto de 2009 às 15:23
E ainda bem, Inocêncio da Silva, pois tanto tabu mata qualquer desejo e é bom verificarmos que a mulher também aproveita este maná que qualquer ser humano tem à sua disposição... no próprio corpo!

Comentar post

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Responde a esta dúvida

. Os homens não valem o que...

. TRÊS NA CAMA

. Factor XXX

. Sexo com humor

. A linguagem do sexo!

. Quem quer casa, compra so...

. O ponto G masculino

. Até onde vai a nossa fant...

.mais comentados

68 comentários
53 comentários
51 comentários
31 comentários
29 comentários
22 comentários

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds