Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Querido? Queres vibrar comigo?

"Vamos lá falar daquela prenda que tanto queremos oferecer a ela, mas que dito da boca para fora parece mal!"

 

Quem come quem?

 

  Ora então espero que tenha sido um Natal à maneira, e que tenha sido uma excelente oportunidade para oferecer um brinquedo bem adulto - acho.
Não sei como é com os outros, mas chegada a esta altura fico sempre muito atrapalhado em decidir o que oferecer à minha cara metade.
Strap-ons, bolas, anéis, latex, dildos ou vibradores, sejam mini, realísticos, jelly, hi-tech, crystal, ponto-g ou tradicionais, etc... sejamos justos, brinquedos para ajudar à festa não faltam! Quanto muito falta coragem para aceitar aquele lado mais perverso e aceitar o prazer tal como ele é!
 Mas como dizia, tenho sérias dificuldades em saber o que escolher, e para que efeitos. Quero com isto discutir o bom uso destes brinquedos... na vida a dois!

 Há muitos brinquedos, e no meu entender quase todos são muito egoístas! Parece que são para uso individual. Mas reconheço a fantástica vantagem que a sua utilização pode ter quando introduzido no meio de uma relação, ou queca - como quiserem!
 Ora, esta utilização levanta muitas questões - naturalmente relacionadas com uma possível sensação de insegurança masculina - se por um lado, é divertido, não existe um risco de se sentir substituído? E se o brinquedo for maior? E se elas gostam da dita DP? Será o brinquedo suficiente?... e se, glup, nós gostarmos do brinquedo?

 Claro que destas perguntas, não se esperam respostas sensatas, porém são úteis para, de forma simples, levar a pensar nas formas como um brinquedo pode ser utilizado no meio de dois brincalhões. O potencial da sua estimulação é algo de gigantesco... e com pouquíssimo esforço! ^^
 Mas recuando um pouco, para mim são brinquedos, sugestivamente, egoístas. Mas eu gosto de pensar que o seu uso no antes, durante e... durante, têm o seu espaço bem merecido. Isto porque penso que o factor brinquedo ajuda, e muito, na desinibição. A perspectiva ordinário do seu uso, no meio de uma relação ou coiso, vá, funciona como um "se é para brincar, então não faz mal..." e vai daí, todos se deixam levar pelas mais ousadas "brincadeiras" - com os seus limites, mas sempre alargados!


 Não vou entrar numa redundância argumentativa e cliché de que vale a pena, e que acho que se deve experimentar, porque assumo que, ou já experimentaram, ou que já imaginaram o filme na cabeça. E é aqui que pergunto: Vale a pena? É um investimento ou é um desperdício? ...e é mais giro com, ou sem brinquedo?
E agora só para elas: Imaginam-se com um strap-on? E agora só para eles: deixavam?
Ui que audácia!

AlfmaniaK
PS: Para a próxima falamos de algemas, sempre é mais passivo!

sinto-me: Vibrante?
publicado por AlfmaniaK às 00:37
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De analycia a 15 de Janeiro de 2009 às 12:41
uma mulher não precisa de nada disso se tiver a seu lado um homem a sério...és mt fraquito
De Pandora a 15 de Janeiro de 2009 às 14:50
Pelo contrário, acho o post extremamente interessante!
A inibição leva as pessoas a recusarem todos esses objectos com a desculpa de que basta ter um garanhão e ponto final.
É preciso audácia para admitir que o casal inclui brinquedos numa relação, ou pelo menos audácia para experimentá-los!
Eles vendem-se com sucesso e não é só para solteironas, como julgas. A questão é se aparece aqui alguém a assumir que os brinquedos apimentam as relações.
Eu assumo!
De naiguata a 15 de Janeiro de 2009 às 15:53
Então, nesse caso, quando um homem tem um fetiche com uma relação sexual com duas mulheres... é porque a sua companheira é fraquita?

Qual será a % dos homens que tem este fetiche?.. é que é essa a percentagem de mulheres fraquitas na cama que existem.... isto segundo as tuas palavras.. claro.

Nai.
De AlfmaniaK a 15 de Janeiro de 2009 às 16:28
Analycia, realmente fui pouco claro... eu estou a falar de um assunto em termos sexuais, e não de auto-estima fragilizada ou submissão entre géneros!
Além disso, eu não disse que elas precisam... mas já que colocaste as coisas nesses termos, tenho sérias dúvidas dos teus critérios para o que entendes ser um garanhão!
Volta sempre!
De oamante a 16 de Janeiro de 2009 às 21:44
Pensa nisto Analycia: se recebesses um brinquedo desses... da pessoa que mais amasses... acredita que olharias para ele... sorrias e... ( o resto já sabes, lol). Podiam nem o utilizar... mas ele serviu de alavanca para momentos que se tornam rotineiros e desgastados.
Agora... cada um pensa como quiser!
Para outros, pode não ser anda bom!
De naiguata a 15 de Janeiro de 2009 às 15:50
O problema com os brinquedos sexuais é o mesmo que com o resto da industria do sexo, está orientado. Na industria do sexo tudo é orientado, os filmes pornográficos são orientados a consumidores masculinos, os brinquedos estão orientados aos consumidores femeninos.... já nem é uma questão de mentalidade portuguesa, é mesmo uma questão de mentalidade humana. E quando se fala de brinquedos como os que referes, imediatamente é assumido que são para utilização femenina e evidentemente está fora de questão que eles sejam utilizados numa relação a dois..... que as mentalidades não se mudam assim.

Se vale a pena?.... no sexo tudo vale a pena, absolutamente tudo, desde que todos os intervenientes sejam crescidinhos e estejam de acordo, o limite é a imaginação de cada um.... até há quem já ache que esses brinquedos não são suficientes e decidam passar para uns maiores, de carne e osso...

Do meu ponto de vista a visão de que nada disso é necessario quando se tem um homem a sério, é redutora e só mostra falta de abertura e imaginação... E já agora, quem diz que numa relação a dois é a mulher que necessita dos brinquedos e não o homem? Felizmente somos todos diferentes e temos necessidades e gostos diferentes..

Nai.
De AlfmaniaK a 15 de Janeiro de 2009 às 16:34
Eis uma das evoluções naturais: passar para brinquedos maiores, de carne e osso!
Uma evolução dessas sugere haver uma actividade sexual com muita saúde!
Abraço!
De oamante a 16 de Janeiro de 2009 às 21:37
Se valem a pena? Pois claro que valem... nem que seja por um momento! Se nós homens os devemos recear como substitutos do nosso corpo? Lol... que tipo de mulher preferiria um brinquedo a um homem?
A questão é outra: os brinquedos, sejam avulso, sejam em kit (existem, lol) serviram-me e muito, para apimentar a relação.
Imaginem só o que nos rimos ao pedi-los! Depois... ao desembrulhá-los... lol.
Valeram a pena... cada cêntimo.
Os dildos e vibradores servem muito bem para começarmos a brincadeira, apimentando-a com palavras doces. Então mais para o fim, substituímos nós os brinquedos! É bom, acreditem. Nunca me fizeram sentir menos homem por penetrá-la com tais brinquedos, porque eles estão ali com um propósito apenas... excitar a ambos, devolvendo ao casal uma coisa muito importante que nos esquecemos com o dia-a-dia: o jogo!
Sim, o sexo deve ser um jogo, caso contrário teremos pela frente um trabalho e isso, convenhamos, não nos agrada nada!
Às vezes, contudo o jogo perde-se, esquecemo-nos das regras, das tácticas e... perde-se o sexo.
Aí, a entrada de tais brinquedos pode ajudar os casais a redescobrir as tácticas antigas, o ânimo de outrora.
Tanto assim foi que, agora, temos os brinquedos guardados um canto: eles tinham um propósito apenas e cumpriram-no. Trouxeram de volta a brincadeira! nunca serviram para substituir ninguém, nem para serem egoístas: eram os nossos brinquedos.
Mas depois... encontramos nós próprios a brincadeira!
Se eles ajudaram? Muito... mesmo!
Desde que não venham para ficar, o que poderia ser perigoso, eles são um meio de diversão tão grande que... bem... experimentem vocês mesmos! Lol
De Erótica a 24 de Janeiro de 2009 às 16:00
Alfmaniak, post cinco estrelas!
Polémico q.b.; bastante elucidativo, parabéns!
Os vibradores não são substitutos dos nossos parceiros, são uma forma de tornar o jogo sexual, a brincadeira mais aliciante, mais diversificada ... e pode ser usado por ambos e existem de todas as formas e feitios e usados por todos aqueles que tenham a mais variada orientação sexual ...

Comentar post

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Responde a esta dúvida

. Os homens não valem o que...

. TRÊS NA CAMA

. Factor XXX

. Sexo com humor

. A linguagem do sexo!

. Quem quer casa, compra so...

. O ponto G masculino

. Até onde vai a nossa fant...

.mais comentados

68 comentários
53 comentários
51 comentários
31 comentários
29 comentários
22 comentários

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds