Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Assédio sexual

 

 

Assédio sexual é uma figura normalmente associada às mulheres. Já se sabe que é galar de forma insistente e até inoportuna, forçando as circunstâncias. Montar o cerco para montar a presa, perseguindo-a até ela ser obrigada a ceder.
Tem uma conotação negativa por implicar uma manipulação da vítima, que é levada a praticar o acto debaixo de coacção, para não sofrer represálias.
O exemplo clássico é a pura donzela que sucumbe às mãos ávidas do patrão para não perder o emprego.
Mas também conseguimos imaginar a galdéria que se faz ao patrão, rebolando-se na sua frente com olhares voluptuosos até o atrair para a sua teia, onde depois o mantém preso com vários tipos de chantagem. É um modo hábil para subir mais depressa na carreira ou até para casar com ele, mais a empresa, o dinheiro, a casa e o carro, em perfeita comunhão de corpos e de bens.
Estão aqui 2 situações distintas, uma de assédio feminino e outra de masculino.
Penso que infelizmente tão vulgar é uma como outra, apesar de a ideia que permanece ser a da mulher como vítima exclusiva.
Na realidade, quem se queixa são apenas as mulheres. Para todos os efeitos, são o sexo fraco e podem valer-se das vantagens que esse título acarreta sem lhes denegrir a imagem. Quem fica mal é a besta do opressor, e é justo.
Mas seria ridículo o chefe ir acusar a secretária de o ter montado à força e depois o ter obrigado a casar com ela sob a ameaça de um escândalo! Ou a pândega que seria o rapaz do balcão ir queixar-se da patroa que, fora do expediente, o suga até ao tutano em cima do dito balcão por entre gemidos e ameaças de despedimento!
Ganda lata, mas que cromo me saíste pá, ao menos a gaja era boa? Se não fosse já te tinhas queixado, seu palhaço! Mas que cena essa de ser violado pelas madames, tens cá uma sorte, manda-as ter comigo que eu nem me queixo!
Homem que é homem está sempre pronto para uma pinocada e não pode dar parte de fraco. E daí a história do assédio sexual estar praticamente limitada a mulheres…
 
 

 

 

 

publicado por Pandora às 01:09
link do post | comentar | favorito
51 comentários:
De sandra a 16 de Maio de 2008 às 16:32
Muita boa gente tambem gosta de ser assediada. Para levantar o ego.

Vim retribuir a visita... voltem mais vezes!

beijus
De Pandora a 16 de Maio de 2008 às 23:58
Assediada em teoria, acredito. Seduzida, engatada, mas não forçada a praticar favores sexuais!
De sandra a 17 de Maio de 2008 às 16:49
Nao! Forçada nao...

De oamante a 16 de Maio de 2008 às 16:33
Realmente, homem que é homem, não recusa dar uma, nem que se obrigado a isso: ou satisfazes-me... ou rua!
Às tantas, era mesmo o sonho de qualquer empregado, poder ir lá acima e dar uma queca na patroa-patroa, não na patroa lá de casa!
Agora uma mulher... não sei... mas mesmo quando querem, parece que lhes custa, quanto mais se forem obrigadas! Por isso é que há aquela anedota do homem que tem o pirilau todo branco e quando a mulher diz que não quer porque tem dor de cabeça... ele diz que aquilo é aspirina em pó!
Contudo, também já li sobre casos de homens que apresentaram denúncia por abuso sexual. Sim, porque há homens que não se vendem! São homens com H grande.
Bem... ou isso, ou ela era mesmo muita...
De Pandora a 17 de Maio de 2008 às 00:05
Acredito que haja homens que denunciem o assédio, também há os que denunciam os maus tratos por parte das mulheres.
Mas creio que não são levados muito a sério...
De Maaf a 16 de Maio de 2008 às 16:36
Este blog vai de vento em popa!!! Sim senhor, Parabéns a todos os intervenientes!
De AL a 16 de Maio de 2008 às 17:43
Este tema dos assédios tem muito que se lhe diga! A mulher fazer-se de difícil é um clássico, porque fica bem e porque não quer mostrar-se galdéria. Já ao homem, nem pensar!! Homem que é macho vai a todas, até porque um homem não é de ferro...

Sabem que mais!? Acho este tipo de mentalidade está a desaparecer aos poucos (felizmente!!)

Pessoalmente não gosto de homens fáceis. Um homem fácil faz uma mulher sentir-se vulgar. E qual é a mulher que gosta de saber que o tipo que foi para a cama com ela, que até é gira e desejável, faz o mesmo com qualquer saco de batatas com pernas??

Gostei do blog. Um bocadinho de audácia faz sempre bem!

De Pandora a 17 de Maio de 2008 às 00:24
Se for com qualquer saco de batatas, acho bem que nos convença que foi assédio!
De Pandora a 17 de Maio de 2008 às 00:06
Obrigada em nome de todos, contamos contigo para criar alguma polémica.
De bbastos20 a 16 de Maio de 2008 às 18:39
Regra de ouro: nunca te envolvas com alguém do teu trabalho, muito menos se for o (a) chefe!!! Normalmente dá mau resultado. A não ser que te apeteça mesmo muito...
De Pandora a 17 de Maio de 2008 às 00:10
E depois sujeito-me às consequências, talvez valha a pena!
De bbastos20 a 27 de Maio de 2008 às 22:23
Quiçá ;)
Espero bem que sim! :)
De AlfmaniaK a 16 de Maio de 2008 às 19:31
Adoro a perspectiva de vitimização da mulher face ao sexo coagido.
Na rua é violação... no trabalho é assédio! Que conveniente!!!
Em ambos os casos sai a ganhar com os respectivos lucros.

Em contraposição o homem... enfim... é a vítima genuína que é abusada em todos os sentidos... só sai a ganhar se a patroa ou a violadora for um mulherão 5 estrelas... e mesmo assim, desconfio que seja considerado assédio. Quanto muito é sexo involuntário consentido!

Bom post!
De Pandora a 17 de Maio de 2008 às 00:20
Ora bem, qual a diferença entre violação e assédio? Não é o local, é o tipo de ameaça. Um implica o recurso à força e perigo de morte, no outro não existe violência física, apenas "argumentos convincentes". Mas ambos são forçados pelo medo.
Sexo involuntário consentido, essa é boa!
De Bar Velho a 17 de Maio de 2008 às 09:38
Existem, cada vez mais, processos de assédio sexual por parte de homens que são vítimas deste "crime" por parte de mulheres. Aos poucos começa-se a desfazer aquela velha tradição que os homens estão sempre desejosos por serem assediados. :)
De Pandora a 18 de Maio de 2008 às 22:12
Achas? Eu creio que imensos gostariam de ser assediados, desde que pudessem seleccionar por quem...
De diariodeumfrustrado a 17 de Maio de 2008 às 12:53
Não vejo motivos para vergonha, mas eles realmente existem. Se me deparar com uma mulher a tentar assediar-me, sem que eu tenha interesse nela, e isso se começar a tornar obsessivo, não tenho problemas em ir para tribunal com ela. O problema é os juízes darem-me razão, dado ser homem. Mas isso são outros 500. Ainda assim, sermos alvo de assédio aumenta-nos o ego a nós, homens.
De Pandora a 18 de Maio de 2008 às 22:20
Ser alvo de assédio não é ser objecto de desejo, é ser o prato principal! E só se chama assédio se tu não estiveres para aí virado mas fores obrigado a consentir com receio de retaliações.
Ora ser objecto de desejo, aumenta-me o ego, ser comida à força não! Falo como mulher, claro!
De Anónimo a 17 de Maio de 2008 às 15:19
De facto,transmites a realidade na perfeiçao!
é verdade que existem algumas mulheres que se aproveitam disso,mas homens tambem...
Aqui ninguem é ingenuo,podem se fazer passar, mas nao!

Os tempos sao outros!!!


BjoO
De Pandora a 18 de Maio de 2008 às 22:21
Mudam os tempos mas há sempre ingénuos e ingénuas...
De Osuko(pensamentos) a 17 de Maio de 2008 às 15:20
o coment acima e meu!
Visitem o meu espaco!


pensamentos-reais.blogspot.com
De Pandora a 18 de Maio de 2008 às 22:23
Lá irei, prometo!
De Inocêncio da Silva a 17 de Maio de 2008 às 17:55
Excelente post...excelente blog, parabéns!

Tenho uma questão Orgásmica, como apelidarias um homem que recusa uma esfrega sob ameaça, defendendo-se com os seus princípios? Como apelidarias um homem que recusa a dita "pinocada" sem recear ser rotulado de "fraco"?

Mito ou ficção?

p.s. esta é a minha forma de conhecer quem está por detrás de um blog, não me leves a mal!

De Do outro lado do oceano a 18 de Maio de 2008 às 00:30
Gostei do blog, gostei do post! :D
É verdade, o assédio é uma coisa vista como sendo de homens para mulheres... e vá, às vezes até é engraçadinho, só que começam a exagerar e está o caldo entornado. E realmente um homem a reclamar por uma pinocada... Caso raro!
De Pandora a 18 de Maio de 2008 às 22:32
É preciso ter tomates para recusar uma proposta indecente e arriscar todas as consequências, quer as provenientes da perseguidora gulosa, quer as provenientes das bocas e boatos do público.
São homens com princípios, para quem nem tudo o que vem à rede é peixe e querem vencer por mérito próprio, e não pelos seus outros dotes. E acredito que não sejam mitos nem ficção, apenas são raros.
Satisfeito?
De Inocêncio da Silva a 19 de Maio de 2008 às 13:41
Muito satisfeito...

Voltarei...

Comentar post

.mais sobre mim

. online

.pesquisar

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Responde a esta dúvida

. Os homens não valem o que...

. TRÊS NA CAMA

. Factor XXX

. Sexo com humor

. A linguagem do sexo!

. Quem quer casa, compra so...

. O ponto G masculino

. Até onde vai a nossa fant...

.mais comentados

68 comentários
53 comentários
51 comentários
31 comentários
29 comentários
22 comentários

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Estás como eu!Várias pontadas sinto sempre, nunca ...
ttp://www.soparaela.net/Sex Shop SoParaEla.Net, a ...
sem qualquer sombra de duvidas. concordo completam...
Os homens não contam por uma questão de orgulho. P...
Orgasmo masculino de verdade só com Aneros: http:/...
bom blog
bom blog
ConviteO livro "Continuando assim...", foi maltrat...
Technorati Profile

.subscrever feeds